terça-feira, 1 de março de 2011

MEU PRIMEIRO POST E O PRIMEIRO DISCO DE LAURA




Escrever no “Bem Atrás da Porta” parece fácil, mas não é. Talvez seja por isso que demorei um pouco para fazer minha primeira colaboração. Para começar é o blog da minha mulher. Bate uma responsabilidade maior em agradá-la. Em segundo lugar, está todo mundo elogiando (e com razão) a qualidade dos textos e fotos, o que me obriga fazer uma produção da mesma qualidade para não passar vergonha. Realmente, Mariana é demais.

Tem gente que me pergunta com leve surpresa na voz: “Mas você é casado com a Mari?!”. Dá a impressão que não mereço tanto. Talvez. Mas por isso (e só por isso) é que vou escrever de vez em quando aqui sobre uma paixão que compartilho com ela: os discos de vinil. Espero que gostem!

Faz uns dois anos que começamos a montar nossa pequena coleção. Os primeiros discos vieram da minha adolescência, quando herdei do meu tio quase todos os álbuns dos Beatles. Só não tinha o Álbum Branco, discaço de 1968... Mas, calma, este primeiro post não tratará desta obra-prima. Vamos andar no tempo 40 anos. Isso, 2008, quando foi lançando o álbum “Alas I Can Not Swim”. É o primeiro disco da britânica Laura Marling, lançado quando ela tinha apenas 18 anos – hoje ela está com 21.

Photo by Deirdre O'Callaghan

Folk com forte essência sessentista e arranjos que mesclam violão e cordas, o vinil é uma coletânea de belas canções, todas assinadas por Laura. Leve porém marcante, a voz da mocinha se destaca em cada uma das 11 faixas. Não foi fácil achar a versão em vinil deste álbum. Laura ainda não é um sucesso mundial. Isso faz com que as cópias dos discos sejam menos numerosas do que um disco da Madonna, por exemplo.



Mesmo assim, depois de um tempo procurando no Ebay, achei a cópia que você vê nas fotos da Mari. O discão chegou esta semana, pelo correio. Junto veio um CD com show ao vivo dela. Para quem paga o preço de adquirir o disco vinil, em tempos em que todo mundo baixa de graça as músicas na internet, há também suas vantagens. Mari  e eu usamos muito a internet para conhecer coisas novas. Foi no youtube que ouvi pela primeira vez a voz de Laura na canção “Young Love”, dos Mystery Jets, ótima banda que abordarei em futuro post. Até!

Adriano Ceolin

4 comentários:

  1. Mariana Silveira Nascimento1 de março de 2011 06:55

    ..."mas você é casado com a Mari?"....kkkk! Queria te dizer querido Adriano que você não só é casado com a Mari, mas é pai do fofinho Antônio. Eu simplesmente adorei a colaboração especial, achei um amor e tenho certeza que agradará Maricota (que a-d-o-r-a essas fofuras).

    Vocês sabem que sempre terão meu apoio e carinho.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Adriano,
    Achei o post e as fotos demais!! Parabéns]!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Adriano!!! Oi querida amiga Mariana,linda gravidissima.

    Adorei o post do marido da Mari, vcs são um casal nota 1000. O pouco que conheci do Adriano demonstra que ele além de amar muito minha amiga e um homem com H maiusculo, de hombridade, honrandez.

    Com o seu post ja sei o que dar de presente ao casal. Tenho uma coleção de vinil bem grande e os discos de Rock não são mais a minha, acho que nunca foram. Da próxima vez que for visita-los levo uns bolachões para vcs. Bjs e saudades. Inté

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o post! Também deu vontade de ouvi-lo! Abraços a todos!

    ResponderExcluir